Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

palpável silêncio...

emoções dentro de mim dão conta da minha conduta, um dia me sinto demasiado nova, outro demasiado velha, e lá se vai meu equilíbrio minha harmonia, aqui delinearei parte de mim passado sem pretensão e escreverei estados de espírito no presente...

palpável silêncio...

emoções dentro de mim dão conta da minha conduta, um dia me sinto demasiado nova, outro demasiado velha, e lá se vai meu equilíbrio minha harmonia, aqui delinearei parte de mim passado sem pretensão e escreverei estados de espírito no presente...

digo-te adeus...

trago um sonho fechado na mão que é meu motivo de alegria,

enquanto fecho as pálpebras para sossegar no sono,

 julgo-me adormecida na ternura e no enleio

afastei a cortina, cá dentro só havia saudade,

lá fora cardos em flor a lembrar o S. João,

ergo a mão

e digo-te adeus já que

o tempo destrói e a saudade dói..

 

nataliarosafogo

palavras

bordei palavras ao entardecer...

ganharam forma de flores

que tenho pena de perder,

palavras nunca escritas

que eu gostei de escrever...

 

nataliarosafogo

sonhando...

num canto confidente da memória

faço com a natureza uma aliança d'amor e
nela descanso o coração e o olhar, na tranquila solidão

do sonho...

 

nataliarosafogo

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D